Quarta, 24 de Julho de 2024
Esporte & Lazer COLUNA

Especial Olímpico - Paris 2024: Nem só de gols vive o Futebol e o Handebol brasileiro

Leia na coluna de Juliana Vertullo, os benefícios dos esportes coletivos para as crianças, especialmente, Futebol e Handebol

02/05/2024 às 11h03 Atualizada em 06/05/2024 às 18h01
Por: Juliana Bergamin Vertullo Fonte: Juliana Bergamin Vertullo
Compartilhe:
Tanto o futebol quanto o handebol oferecem uma série de benefícios importantes para o desenvolvimento das crianças em diferentes aspectos. Imagem: Freepik
Tanto o futebol quanto o handebol oferecem uma série de benefícios importantes para o desenvolvimento das crianças em diferentes aspectos. Imagem: Freepik

 

Continua após a publicidade

Para dar continuidade à série de artigos com curiosidades sobre os esportes olímpicos mais indicados para nossas crianças, hoje vamos conversar um pouco sobre os esportes coletivos que mais atraem a garotada, o handebol e o futebol.

Ser o camisa 10 ou o craque do time é o sonho de muitos meninos e meninas, e o desejo de muitos pais, que buscam especializar o treinamento infantil cada vez mais cedo, mas a que preço?

Continua após a publicidade

Atualmente, crianças a partir de 3 anos já participam de aulas de futebol, já no handebol, vejo um incentivo familiar um pouco mais tardio e a maioria das turmas iniciantes tem idades por volta dos 8 anos. O saudável é estimular a prática de modo que a criança se sinta bem e feliz. Embora saibamos que a prática do exercício físico é benéfica para as nossas crianças, precisamos saber dosar a carga de treinamento, mas isso é uma discussão para um próximo tópico, aguardem! 

Você sabia que o futebol foi o segundo esporte coletivo a entrar oficialmente nos Jogos Olímpicos, atrás apenas do polo aquático, em 1908. E que o handebol foi disputado pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936, apenas com disputas masculinas

Continua após a publicidade

Pois é, estes esportes que até pouco tempo atrás eram considerados masculinos, estarão fora dos Jogos de Paris 2024 para as equipes masculinas brasileiras, pois infelizmente elas não se classificaram para essa edição dos jogos. Desta vez, teremos apenas equipes femininas no handebol e no futebol dando um show de técnica, desempenho e habilidade, não dá para perder, temos que prestigiar e incentivar nossas meninas!

Ao acompanhar a programação dos jogos, você vai perceber que o futebol é um dos poucos esportes que começarão antes da cerimônia de abertura. Isso acontece por conta do número de partidas existentes, o torneio do futebol começa dois dias antes da abertura oficial dos Jogos. Isso já não ocorre com o handebol, que obedece ao calendário oficial.

O Brasil disputa o futebol olímpico desde 1952 e, apesar de ser considerado o maior campeão da Copa do Mundo da FIFA, foram sete medalhas conquistadas até hoje em Jogos Olímpicos, com o ouro tendo aparecido apenas nas duas últimas edições da competição. Esses resultados colocam o Brasil no topo do ranking de países com mais pódios na disputa da modalidade na história dos Jogos, enquanto o handebol segue engatinhando. A primeira participação do Brasil foi em Barcelona, em 1992, e desde então sua melhor classificação foi um 5º lugar no feminino e um 7º lugar no masculino.

Mas afinal, por que nossas crianças gostam tanto destas modalidades e por que devemos incentivá-las a prática?

Bem, quem costuma acompanhar a coluna, já percebeu que sou defensora da prática esportiva e do estímulo motor variado, sendo assim, a explicação é obvia, precisamos expor nossas crianças ao maior número de estímulos motores possíveis, ofertando atividades que possibilitem seu desenvolvimento amplo e integral, independente da modalidade esportiva.

Entretanto, o incentivo à prática do futebol está mais relacionado com a paixão nacional do que com seus efeitos benéficos. Já o handebol ou outros esportes coletivos, normalmente atraem pela movimentação, dinamismo e a sociabilização.

De qualquer forma, as crianças gostam dos esportes coletivos, pois é estimulante, desafiador, e está associado ao time do coração quando se trata do futebol, e no caso do handebol, é mais inclusivo e divertido, possibilitando que mais meninas tenham destaque na modalidade.

Tanto o futebol quanto o handebol são esportes excelentes para o desenvolvimento físico, social, emocional e mental das crianças. Ambos promovem habilidades essenciais, como trabalho em equipe, coordenação, disciplina e resolução de problemas, enquanto proporcionam diversão e um estilo de vida ativo e saudável desde a mais tenra idade.

Tanto o futebol quanto o handebol oferecem uma série de benefícios importantes para o desenvolvimento das crianças em diferentes aspectos. Ambas as modalidades são excelentes para o desenvolver a coordenação motora, agilidade, velocidade, força muscular e a resistência cardiovascular, além de exigir reações rápidas e movimentos ágeis, o que contribui para o desenvolvimento dos reflexos das crianças.

Por se tratar de modalidades coletivas, o trabalho em equipe e a cooperação entre os jogadores é fundamental, incentivando as crianças a se comunicar, colaborar e respeitar os outros enquanto trabalham juntas para alcançar um objetivo comum. Fazer parte de um time pode ajudar a desenvolver habilidades sociais importantes, como fazer amizades, lidar com vitórias e derrotas, aprender a importância do fair play e do respeito mútuo.

Tanto o futebol quanto o handebol ensinam disciplina, pois os jogadores precisam seguir regras, respeitar o treinador e comparecer aos treinos e jogos regularmente, promovendo o desenvolvimento da responsabilidade e do comprometimento. Praticar ambas as modalidades requerem tomada rápida de decisão, pensamento estratégico e concentração, contribuindo para o desenvolvimento mental das crianças.

Lidar com as demandas físicas e mentais do esporte ajudam as crianças a desenvolver resiliência e autoconfiança, fortalecendo sua determinação e capacidade de lidar com adversidades.

Tanto o futebol quanto o handebol são esportes excelentes para o desenvolvimento físico, social, emocional e mental das crianças. Imagem: Freepik

Mas, como os Jogos Olímpicos podem ser nossos aliados no incentivo à prática esportiva?

Acompanhar o desempenho dos nossos atletas em seus jogos pode ser uma experiência emocionante, com o potencial de agregar muitos benefícios positivos para as crianças, por várias razões:

  1. Inspiração e Motivação: Assistir aos Jogos Olímpicos ou acompanhar os jogos coletivos, pode inspirar as crianças a se envolverem mais em atividades físicas e esportivas, pois ao assistir atletas de alto nível competindo e alcançando grandes feitos, as crianças podem se sentir motivadas a perseguir seus próprios objetivos esportivos e a buscar um estilo de vida saudável.
  2. Representação Nacional: Os jogos coletivos nas Olimpíadas envolvem equipes que representam seus países, o que cria um forte senso de identidade nacional e orgulho para os espectadores. Torcer por sua nação e ver atletas defendendo as cores do seu país traz uma conexão especial durante os Jogos Olímpicos.
  3. Espírito de Equipe e Cooperação: Os esportes coletivos destacam o espírito de equipe e a cooperação entre os jogadores. Ver atletas trabalhando juntos em busca de um objetivo comum é inspirador e demonstra os valores de colaboração e unidade.
  4. Competição Intensa: Os jogos coletivos geralmente são altamente competitivos, com equipes buscando a excelência e lutando por vitórias significativas. Os momentos de alta pressão e as reviravoltas empolgantes tornam esses jogos emocionantes de assistir.
  5. Variedade de Habilidades: Em esportes coletivos, diferentes habilidades individuais se combinam para formar uma equipe forte. É fascinante observar como os jogadores se complementam e usam suas habilidades únicas para criar estratégias eficazes durante o jogo.
  6. Drama e Emoção: Os jogos coletivos nas Olimpíadas muitas vezes apresentam dramas intensos, desde viradas até momentos inesperados que podem mudar o curso de uma partida. Essas situações criam uma experiência emocionante para os espectadores.
  7. Impacto Cultural: Alguns esportes coletivos nas Olimpíadas têm significado cultural profundo em determinados países ou regiões. Assistir a esses esportes oferece uma visão única das tradições e identidades culturais associadas a eles.
  8. Fomento do Espírito Competitivo e do Fair Play: Assistir competições esportivas deste porte ensina às crianças a importância do fair play, ética esportiva e respeito pelas regras. Elas aprendem a competir de maneira saudável e a valorizar o esforço e a dedicação tanto próprios quanto dos outros.

Em suma, aproveitar este período de esportividade que os Jogos Olímpicos nos oferecem e incentivar os pequenos a serem ativos e saudáveis, praticando esportes como handebol e futebol podem impactar positivamente o desenvolvimento físico, social, emocional e cognitivo de nossas crianças, ajudando também a moldar seu caráter e seu crescimento pessoal.

Faltam menos de 100 dias para o início dos Jogos Olímpicos de2024, se não for jogando, que seja assistindo, mas prepare sua torcida e não perca nenhum Gol!!!

PARA MAIS ARTIGOS COMO ESTE, ACESSE: Coluna de Juliana Vertullo.

"Texto escrito por Juliana Bergamin Vertullo, Professora de Educação Física e Esportes no Colégio Presbiteriano Mackenzie - SP"

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Coluna de Juliana Vertullo
Coluna de Juliana Vertullo
Sobre Juliana Bergamin Vertullo, Professora de Educação Física e Esportes no Colégio Presbiteriano Mackenzie - SP, com mais de 25 anos de experiência, é especialista em Educação Física Escolar e Treinamento Desportivo. Apaixonada pela promoção de atividade física significativa, sua coluna no Portal Primeira Educação encanta, inspira e transforma, unindo habilidade pedagógica e compromisso com a excelência educacional. Conheça sua visão única sobre educação física e esportes para crianças.
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias