Quarta, 24 de Julho de 2024
Saúde COLUNA

Importância e situações que indicam a necessidade de terapia infantil 

Leia na coluna de Helen Mavichian os benefícios de realizar terapia com crianças nas situações mais diversas

14/06/2024 às 08h00 Atualizada em 19/06/2024 às 09h23
Por: Helen Mavichian Fonte: Helen Mavichian
Compartilhe:
Em um consultório de psicologia infantil, a terapia é conduzida de maneira lúdica e adaptada à faixa etária e às necessidades de cada criança. Imagem: Freepik
Em um consultório de psicologia infantil, a terapia é conduzida de maneira lúdica e adaptada à faixa etária e às necessidades de cada criança. Imagem: Freepik

 

Continua após a publicidade

A terapia infantil é uma importante ferramenta para promover o desenvolvimento saudável e o bem-estar emocional de crianças. Ela pode ser benéfica em diversas situações, como dificuldades emocionais ou comportamentais, problemas de aprendizagem ou desenvolvimento, traumas e eventos estressantes, e dificuldades de adaptação a mudanças significativas.

Algumas situações que indicam a necessidade de terapia infantil incluem mudanças significativas no comportamento, como agressividade, isolamento ou regressão em habilidades já adquiridas; dificuldades persistentes na escola, como problemas de aprendizagem, relacionamento com colegas ou desempenho acadêmico; sintomas emocionais como ansiedade, depressão, medo excessivo ou baixa autoestima; traumas ou eventos estressantes, como divórcio dos pais, luto, abuso ou negligência; e dificuldades de adaptação a mudanças, como uma nova escola, nascimento de um irmão ou mudança de casa.

Continua após a publicidade

O acompanhamento terapêutico infantil é recomendado sempre que os pais ou cuidadores perceberem que a criança está enfrentando desafios emocionais, comportamentais ou de desenvolvimento que estão afetando seu bem-estar e seu funcionamento cotidiano. A terapia pode ajudá-la a desenvolver habilidades de enfrentamento, melhorar sua autoestima e encontrar formas saudáveis de lidar com as dificuldades.

Em um consultório de psicologia infantil, a terapia é conduzida de maneira lúdica e adaptada à faixa etária e às necessidades de cada criança. O ambiente é acolhedor e cheio de brinquedos, jogos e materiais criativos que facilitam a expressão e a comunicação da criança.

Continua após a publicidade

Nas primeiras sessões, a criança pode se sentir tímida ou relutante em se abrir, mas o psicólogo cria um vínculo de confiança e a encoraja a se expressar de maneira natural e espontânea. Com o tempo, a criança passa a se sentir mais à vontade para compartilhar suas preocupações e a trabalhar em estratégias para melhorar sua autoconfiança e suas habilidades de enfrentamento.

Paralelamente, o psicólogo também realiza sessões de orientação com os pais, fornecendo dicas e sugestões de como eles podem apoiar o processo terapêutico em casa, reforçando os avanços e ajudando a criança a aplicar o que aprendeu na terapia em seu dia a dia.

Dessa forma, a terapia infantil se torna uma jornada de crescimento e empoderamento, na qual a criança aprende a lidar com suas emoções de maneira saudável e desenvolve habilidades essenciais para seu bem-estar e desenvolvimento pleno.

PARA LER MAIS ARTIGOS, ACESSE: Coluna de Helen Mavichian

*Artigo escrito por Helen Mavichian, psicóloga, psicoterapeuta especializada em crianças e adolescentes e Mestre em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.*

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias