Quarta, 24 de Julho de 2024
Política Investimento Público

Ceará terá investimento de R$ 265 milhões para novas creches em 57 municípios, anuncia MEC

Ministério e municípios assinaram termos de repasse nesta terça (2), em Fortaleza, com a presença do governador Elmano de Freitas

03/07/2024 às 08h55 Atualizada em 13/07/2024 às 14h51
Por: Lorena Brum Fonte: Secom Ceará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

 

Continua após a publicidade

Para ampliar o acesso das crianças à educação de qualidade, o Ceará vai contar com novas creches em 57 municípios. O investimento será de R$ 265,2 milhões, por meio do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC). O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Camilo Santana, ao lado do governador Elmano de Freitas, nesta terça-feira (2), no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza. Prefeitos, prefeitas e outras autoridades estiveram presentes.

Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

De acordo com o ministro Camilo Santana, no Ceará serão construídas 78 novas creches. Deste total, o ministro assinou nesta terça termos de repasse que assegura o início das obras para 57 municípios. Os demais 21 municípios estão com procedimentos em andamento, como indicação e aprovação de terreno para a obra da creche, para ter a parceria assinada.

Continua após a publicidade

As cidades foram selecionadas por meio de edital do Ministério da Educação (MEC), priorizando aquelas com maior déficit de matrícula.

Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

Já estão autorizadas, dinheiro empenhado para começar as obras. Nunca o MEC olhou tanto para educação básica como no governo do presidente Lula, desde a creche até o Ensino Médio. Creches bonitas com bons profissionais para a fase mais importante da vida da gente, a primeira infância”, destacou o ministro, afirmando que uma segunda etapa da seleção será lançada em 2025.

Continua após a publicidade
Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

Para a auxiliar de serviços gerais Nara Jane Morais, de 36 anos, contar com creche representa mais tranquilidade para as mães. Nara é mãe de Maria Aparecida da Silva Santos, 5, que estuda no Infantil V em uma creche no município de São Gonçalo do Amarante.

É muito bom para nossos filhos, mas também para a gente, porque trabalhamos mais tranquilas sabendo que elas [crianças] estão aprendendo e seguras”, afirma.

Ainda segundo Camilo Santana, o valor do investimento nas creches se soma ao repasse para obras de escolas de tempo integral no Ceará, na ordem de R$ 670,7 milhões. Além disso, 113 cidades cearenses vão receber novos ônibus escolares, contabilizando mais R$ 51,8 milhões. O montante de R$ 1 bilhão faz parte do Novo PAC.

Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

O governador Elmano de Freitas reforçou que as novas creches são mais crianças tendo acesso à educação pública de qualidade no Ceará. O estado é o único País com 85% das crianças alfabetizadas na idade certa e com nove municípios com 100%.

Nossos avós não puderam entrar em escola porque escola não existia. Nossos pais, uma parte não entrou na escola, e a outra entrou mas teve que parar de estudar, porque tinha que trabalhar para ajudar a família. Nós somos a geração que está construindo junto para que o nosso povo tenha creche e escola boa em tempo integral”, defendeu o governador.

Representando os prefeitos, o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Júnior Castro, também ressaltou a parceria:

Hoje a gente vê uma prioridade do MEC ser a primeira infância, etapa fundamental para a formação das crianças. Em nome dos municípios contemplados, a gente só tem a agradecer por saber que muitos municípios não teriam condições de fazer uma obra tão importante e ao mesmo tempo tão cara como essa”.

Pac Seleções

O PAC Seleções busca reduzir as desigualdades educacionais ao ampliar a oferta de educação, em sintonia com as metas do Plano Nacional de Educação (PNE). Para isso, prioriza os municípios com maior déficit de matrícula, e amplia a condição financeira de cada município e estado, de modo a repartir os recursos igualitariamente e já ter o terreno para construção imediata das escolas e creches.

O Novo PAC prioriza, também, o atendimento a municípios com baixa capacidade para realização de obras e equipamentos, de forma a fortalecer o efetivo direito à educação para todos.

Deixe seu comentário e continue navegando pelo portal Primeira Educação para se manter atualizado com as principais notícias que envolvem a educação infantil e a primeira infância.

Gostou da notícia? Seja um apoiador ou patrocinador do jornalismo independente e contribua para que mais pais e educadores sejam impactados com nossos conteúdos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias